LIVRO LÍNGUA DE FOGO: A política em versos populares PDF Miguel Lucena Filho

BAIXAR LIVRO ONLINE

Resumo

O IMORTAL MIGUEZIM DE PRINCESAMaria José Rocha Lima (Zezé Rocha) – Mestre em EducaçãoMiguezim de Princesa é o pseudônimo de Miguel Lucena Filho, nascido em Princesa, Paraíba, poeta, jornalista, advogado e delegado de classe especial da Polícia Civil do Distrito Federal. Presidiu a Companhia de Planejamento do Distrito Federal em 2011. Foi Subsecretário de Segurança Pública do DF, delegado-chefe do Paranoá e Lago Sul e Diretor de Assuntos Estratégicos e de Comunicação da Polícia Civil. Atuou como redator da “Tribuna da Bahia”, repórter da “Folha de São Paulo”, de “O Norte” e “A União”, em João Pessoa, redator e editor do “Diário da Borborema”, em Campina Grande, repórter de “A Tarde”, redator do Correio da Bahia e editor especial da Tribuna da Bahia, em Salvador. Coordenou a reforma do Jornal de Angola, na África, em 2006. Foi diretor dos Sindicatos dos Jornalistas da Paraíba e da Bahia, da Federação Nacional dos Jornalistas e da Associação dos Delegados de Polícia do Brasil.É autor dos livros de poemas ”Verso Menino” e ”Guerra da Perdição: A Revolta de Princesa”, além do premiado cordel ”Para gostar de ler”, vencedor do Prêmio Nacional de Literatura Popular Patativa do Assaré, edição 2011, Ministério da Cultura.Destaca-se pelos cordéis que abordam temas do cotidiano, como acontecimentos políticos e sociais.É colunista do Diário do Poder (”www.diariodopoder.com.br”), site dirigido pelo jornalista Cláudio Humberto Rosa e Silva, ao lado de Carlos Chagas, Nelson Valente e outros profissionais de renome nacional.Os cordéis de Miguezim de Princesa foram traduzidos para o Inglês e são hoje estudados no Trinity College e na Universidade de Michigan, Estados Unidos. ”A Vingança do Berimbau” virou tema de livro publicado pelo escritor norteamericano Eric A. Galm, ”The Berimbau: Soul of Brazilian Music” (http://books.google.com/books?isbn…).E eis que agora o poeta da língua de fogo, o nosso Gregório de Matos do século XXI, que foi o Boca do Inferno do século XVII na Bahia, presenteia-nos com uma coletânea que é a melhor crônica política da atualidade.ZÉ SIMÃO E MIGUEZIM“E a farra de passagens virou até cordel de Miguezim dE Princesa, “Nas Asas do Congresso”! “Eu já estava acostumado a falar de senadores, com suas diretorias e favores/ mas o meu verso agora está flagrando uma nuvem se formando:/ Deputados Voadores! Leva pai, leva mãe, a sogra e o sogro e a consorte/ só eu que não tenho sorte/ de levar a Galisteu/ pro Rio Grande do Norte.” “Aquecimento Global! Culpados: o pum da vaca brasileira. Já disse que a vaca brasileira não é poluente, é carnavalesca! E o cordel do Miguezim de Princesa chamado EFEITO BUFA: ‘Dizem que o efeito estufa é resultado de bufa, peido azedo e arroto/ querem também proibir o consumo de feijão/ mocotó, fava e pirão/ e assim salvar o mundo/ desses gases furibundos/ vilões da poluição!’. Zé Simão, o Macaco Simão.UM PAC COM DILMALeitores da coluna sugeriram a publicação, na íntegra, do cordel Um PAC com a Dilma, criado por Miguezim de Princesa, um craque do Cariri. Ótima ideia. Confiram os versos: I Quando vi Dilma Rousseff sair na televisão, com o rosto renovado após uma operação, senti que o poder transforma: avestruz vira pavão. II De repente ela virou namorada do Brasil: os políticos, quando a […]Em 20 de outubro de 2009, a coluna publicou o cordel “Um PAC com a Dilma”, de Miguezim de Princesa. Passados três anos, nosso poeta popular continua em ótima forma: divididos em dez estrofes, os versos de “Madame Pidona” traçam o perfil e resumem o estilo de Rosemary Noronha, a Marquesa de Santos de Dom Pedro III.Augusto Nunes, Revista Veja

Leia um trecho do eBook, clicando na capa acima.



R$ 0,00 KindleUnlimited

Gratuito com assinatura ilimitada do Kindle https://www.amazon.com.br Ou R$0,00 para comprar