LIVRO EXPERIÊNCIAS VIVIDAS ESCRAVIDÃO E FORMAÇÃO HISTÓRICA DE SÃO JOÃO DO CARIRI – 1783 – 1843 PDF José de Sousa Pequeno Filho

Publicidade Google

BAIXAR LIVRO ONLINE

Resumo

A escravidão marcou profundamente a história do Brasil. Afinal de contas foi sob a intensa exploração e opressão de trabalhadores e trabalhadoras escravizados que a formação histórica brasileira foi forjada a ferro e a fogo, entre os séculos XVI/XIX. A historiografia demorou a reconhecer essa dilacerante realidade e suas consequências. Herdeira ideológica na linha do tempo dos valores da classe dominante, em sua imensa maioria estes estudiosos transformaram aquilo que na verdade era uma recriação idealizada dos escravocratas do passado em explicação histórica. Daí as visões deformadas que idealizavam até pouco tempo atrás a relação entre senhores e escravos, escamoteavam a violência do sistema e suprimiam a luta dos próprios escravizados contra a dominação.Porém, as contradições e lutas do movimento vivo da história acabaram repercutindo nas abordagens clássicas sobre o nosso passado escravista, contribuindo para todo um redimensionamento na pesquisa histórica. Nesse sentido, se destacam os trabalhos que começaram a destacar os pressupostos históricos da dominação senhorial e da resistência negra, com destaque para o papel de homens e mulheres escravizados no seu agenciar humano, mesmo que no contexto de um sistema por si só tão desumanizador como era o escravismo aqui e alhures. Iniciada pioneiramente com a contribuição dos estudos marxistas, essa produção historiografia vem se desenvolvendo no Brasil desde pelo menos os anos 1960 do século passado, com ganhos significativos no tempo e alguns recuos e retrocessos preocupantes verificados nos últimos anos. Na Paraíba ela chegou com um pouco de atraso, porém hoje também é um importante polo da produção acadêmica no nosso Estado. O livro de José de Sousa Pequeno Filho se coloca nesse cenário político e historiográfico mais amplo. Produto de muitas leituras e de uma cuidadosa pesquisa documental realizada nos arquivos locais que sobreviveram à incúria dos homens, o trabalho originalmente foi o texto de dissertação com o qual o autor obteve o título de Mestre em História pelo PPGH/UFCG no ano de 2014.O objeto de estudo do livro é a análise da dinâmica histórica do escravismo paraibano entre meados do século XVIII e primeiras décadas do século XIX, tendo como núcleo central o antigo município de São João do Cariri. Nele o autor destaca diversos tópicos da questão, tais como o emprego sistemático de trabalhadores escravizados nas mais diversas atividades econômicas do município; as mazelas, expressas em variados tipos de doenças, que vitimavam os escravos em função das agruras do cativeiro; as tensas relações envolvendo senhores e escravos no dia a dia; as variadas estratégias de sobrevivência dos escravizados e a luta pela liberdade.Esperamos que a leitura de Experiências vividas: escravidão e formação histórica em São João do Cariri (1783-1843), em que pese suas lacunas e seus limites de forma e de conteúdo, se transforme numa importante ferramenta de conhecimento e transformação da realidade, em se tratando de uma temática que continua na ordem do dia, a saber: o legado da escravidão e do racismo e a consequente necessidade imperiosa de superação, na perspectiva da construção de uma outra sociedade, livre de toda forma de exploração e opressão para os descendentes dos escravizados de ontem e demais párias do presente.Luciano Mendonça de Lima (Professor da UAHIST/CH/UFCG).
Publicidade Google




Baixe ebooks grátis 

.

3.906 Ebooks Grátis na Amazon 

Falando sobre Direitos Autorais .